Maravilhas do Caucaso

Circuito para uma visão dos 3 países do Caucaso: Arménia, Geórgia e Azerbaijão.

14 Dias / 13 Noites


Desde 2,630 €

+ 305.33 € (Supl. e Taxas)


Itinerário



1º Dia Portugal / Yerevan

2º Dia Yerevan

3º Dia Yerevan / Gueghard / Garni / Lago Sevan / Yerevan

4º Dia Yerevan / Khor Virap / Echmiadzin / Zvartnots / Yerevan

5º Dia Yerevan / Tbilisi

6º Dia Tbilisi

7º Dia Tbilisi / Mtskheta / Gori / Uplistsije / Kutaisi

8º Dia Kutaisi / Chardaji / Tbilisi

9º Dia Tbilisi / Signagui / Gavazi / Tsinandali / Vardisubani / Telavi

10º Dia Telavi / Lagodeji / Kish / Sheki

11º Dia Sheki / Lahij / Shemakha / Maraza / Baku

12º Dia Baku

13º Dia Baku / Gobustan / Absheron / Baku

14º Dia Baku / Portugal

 

 

1º Dia Portugal / Yerevan

Comparência no aeroporto 90 minutos antes da partida. Formalidades de embarque e partida em voo com destino a Yerevan. Assistência à chegada e transporte ao hotel. Alojamento.

 

2º Dia Yerevan

Após o pequeno-almoço, saída para visita à cidade de Yerevan. A visita começa à fábrica de tapeçaria Megerian, seguido de visita ao Parque Memorial de Tsitsernakaberb, onde se encontra o Museu em memória das vítimas do genocídio arménio. Tempo ainda para visita ao Mercado das Frutas. Regresso ao hotel. Alojamento.

 

3º Dia Yerevan / Gueghard / Garni / Lago Sevan / Yerevan

Após o pequeno-almoço, saída para Gueghard, e visita ao lindíssimo mosteiro, onde pelo local da sua construção, se respira misticismo e espiritualidade. Visita em seguida ao Templo de Garni, conjunto romano de influencia helenística. Continuação até ao Lago Sevan, localizado a 1900 metros de altitude (é o segundo lago mais alto do mundo a seguir ao lago Titicaca no Perú) e visita às igrejas localizadas na península de Sevan. Regresso a Yerevan. Alojamento.

 

4º Dia Yerevan / Khor Virap / Echmiadzin / Zvartnots / Yerevan

Após o pequeno-almoço, visita a um dos locais de peregrinação mais importantes do país, o mosteiro de Khor Virap, enquadrado num cenário impressionante com o monte Ararat de fundo. Este mosteiro foi construído no local onde o Apostolo São Gregório “O Iluminador” permaneceu em cativeiro durante 13 anos, preso pelo rei Tiridades III. Continuação para visita a Echmiadzin, local considerado centro espiritual do país e um dos maiores centros de cristianismo do mundo. No regresso a Yerevan, paragem nas ruínas do Templo de Zvarnots, a pérola do século VII, declarado Património Mundial da UNESCO. Chegada ao hotel. Alojamento.

 

5º Dia Yerevan / Tbilisi

Após o pequeno-almoço, transporte até Tbilisi. Resto da tarde livre. Alojamento.

 

6º Dia Tbilisi

Após o pequeno-almoço, saída para visita à cidade de Tbilisi, capital da Geórgia, fundada no Século V pelo rei Vakhtang Gorgasali. A visita começa pela Igreja de Metekhi, seguido de visita à Fortaleza de Narikala que, durante séculos, foi considerada como o melhor ponto estratégico da cidade. A próxima visita será aos Banhos de enxofre da antiga Tiflis seguindo-se a visita a igrejas ortodoxas e arménias-georgianas, a uma Sinagoga e a uma mesquita turca, que reflecte a aceitação e tolerância de diferentes religiões, encontrando-se também a Igreja Sioni, à margem do rio Mtkvari, seguido de passagem pela avenida Shardeni, com os seus cafés acolhedores e galerias de arte. Visita ainda à Igreja Anchisjati, a mais antiga de Tbilisi, que mantém a sua imagem milagrosa de Jesus Cristo, seguido de visita ao Museu de História, passando depois pela Avenida de Rustaveli, a principal avenida da cidade. Regresso ao hotel. Alojamento.

 

7º Dia Tbilisi / Mtskheta / Gori / Uplistsije / Kutaisi

Após o pequeno-almoço, visita à antiga capital da Geórgia – Mtskheta. Esta cidade é considerada o coração espiritual da Geórgia, onde se encontram as Igrejas mais antigas e importantes do país, sendo considerada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Por último, visita à Catedral Svetitskhoveli, construída no século XI, um dos locais mais sagrados da Geórgia e onde, segundo a lenda, foi enterrada a túnica de Jesus Cristo. Em seguida, saída para a cidade de Gori, lugar onde nasceu Estaline, onde se visita o museu Josef Staline, que inclui uma réplica em muito semelhante ao lugar onde nasceu, bem como a carruagem blindada de luxo do ditador soviético. Por fim, visita à cidade antiga em cavernas de Uplistsikhe - cuja tradução literal é “Fortaleza do Senhor” – fundada nos finais da Idade do Bronze, por volta do ano 1000 A.C.. Graças à sua localização estratégica entre Ásia e Europa, a cidade tornou-se num centro importante de comércio, que chegou a ter mais de 20.000 habitantes. Chegada a Kutaisi. Alojamento.

 

8º Dia Kutaisi / Chardaji / Tbilisi

Após o pequeno-almoço, visita da cidade de Kutaisi e seus arredores. Visita à espectacular Catedral de Bagrati (século XI), obra-prima da arquitectura medieval georgiana. Visita também ao Mosteiro da Virgem em Guelati com os seus belos frescos. Na idade média foi o centro educativo mais famoso e chamava-se “ Nova Athos” e “Nova Jerusalém”. Tanto a catedral como o mosteiro são património da Humanidade, declarado pela UNESCO. Em Chardaji, visita a uma adega local para degustação do único Bio-vinho feito em Kvevri, de acordo com a tradição georgiana. Regresso a Tbilisi e alojamento.

 

9º Dia Tbilisi / Signagui / Gavazi / Tsinandali / Vardisubani / Telavi

Após o pequeno-almoço, saída para a região mais fértil e pitoresca da Geórgia – Kajetia, o berço do vinho, com paragem em Signagui, a “Cidade do Amor”. É uma pequena e bonita cidade do século XVIII, que impressiona pela sua antiga e assombrosa muralha, bem como pelas casas de madeira, decoradas com bolas esculpidas e de arquitectura tradicional. Visita a uma adega com 300 anos para degustação de vinho georgiano feito em frascos, seguindo a tradição georgiana, provando alguns dos mais famosos vinhos do país. Em seguida, visita ao Convento de Bodbe, onde esta enterrada a padroeira dos Georgianos (Santa Nino), que introduziu o cristianismo no país no século IV. Almoço em casa de uma família local, de forma a sentir a hospitalidade deste povo. De tarde, visita ao Palácio de Tsinandali, que pertencia aos Duques Georgianos do século XIX. Aqui encontra-se a primeira adega fundada por um dos mais famosos poetas e figura pública do século XIX – Alexander Chavchavadze. Antes da chegada a Telavi, visita à aldeia de Vardisubani. Alojamento.

 

10º Dia Telavi / Lagodeji / Kish / Sheki

Após o pequeno-almoço, saída para a fronteira entre Geórgia e Azerbaijão. Continuação para Sheki e visita da cidade, começando com visita ao Palácio de Verão Sheki Khans onde se podem observar magníficos frescos e vitrais. Visita à oficina local dos vitrais de shebeke onde se podem ver os famosos vitrais sheki feitos à mão. De seguida, visita a um karavanserai medieval que foi um dos principais pontos de paragem das grandes caravanas que viajavam ao longo da antiga Rota de Seda. Continuação até Kish e visita à igreja mais antiga da zona do Cáucaso, que data do século I ao V. Alojamento.

 

11º Dia           Sheki / Lahij / Shemakha / Maraza / Baku

Após o pequeno-almoço, visita ao bazar local, um espectáculo de cores e sabores em que é possível interagir com a população local. De seguida, saída para Baku, com várias paragens pelo caminho, a primeira das quais para visita ao povo Lahij (se as condições meteorológicas assim o permitirem), situado nas maiores montanhas do Cáucaso e famoso pelo seu artesanato em cobre recentemente incluída na lista de Património da UNESCO. A próxima paragem será a Nidj, para conhecer a minoria Udins, uma antiga comunidade cristã da região do Cáucaso. Tempo ainda para visita à Mesquita Juma em Shemakha, e ao Mausoléu de Diri Baba escavada numa pedra em Maraza. Chegada a Baku. Alojamento.

 

12º Dia           Baku

Após o pequeno-almoço, saída até Gobustán, um museu ao ar livre que contém pinturas rupestres e que é considerado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. De seguida, visita aos vulcões activos da região (apenas se estiverem secos). À tarde, visita guiada a pé em Baku, incluindo à cidade medieval em muralha Icheri Sheher. Tempo ainda para visita à Torre da Donzela, do século XII, de onde se pode admirar imponentes mansões construídas ao redor. Continuação pelos Becos dos Mártires, com vistas magníficas sobre a baía de Baku. Regresso ao hotel. Alojamento.

 

13º Dia           Baku / Gobustan / Absheron / Baku

Após o pequeno-almoço, saída até à península de Absheron para visita a Ateshgah, o Templo da chama eterna, construído no século XVIII e considerado Património da UNESCO. Visita ainda à fortaleza Mardakan que formava parte do sistema de defesa da península durante os séculos medievais. Por último, visita a Yanardagh, a montanha de fogo, conhecida pela extracção de gás natural. Regresso ao hotel. Alojamento.

 

14º Dia           Baku / Portugal

Após o pequeno-almoço, transporte ao aeroporto. Formalidades de embarque e partida de regresso a Portugal. Chegada e fim da viagem.

 

 



Inclui no Preço Base

  • Passagem aérea, em classe económica, de acordo com o itinerário
  • Transporte dos Aeroportos aos Hotéis e Vice-versa, com assistência de um representante local
  • Alojamento em hotéis de categoria escolhida em regime de Pequeno-almoço
  • Visitas em regular, referidas no itinerário e com guia em espanhol
  • 1 Almoço
  • Taxas hoteleiras e Iva
  • Taxas de entrada nos monumentos históricos
  • Seguro Multiviagens 

Não Inclui no Preço Base

 

  • Taxas de aeroporto, segurança e de combustível
  • Quaisquer outros serviços não mencionados
  • Visto do Azerbaijão